BLOG EM OUTROS IDIOMAS

Blog de traducción
Blog di traduzione
Blog de traduction
Übersetzungsblog
Blog de tradução
Vertaal Blog
翻訳ブログ
Блог на тему перевода
翻译博客
مدونة الترجمة
번역 블로그

Existem palavras intraduzíveis?

Hygge. Saudade. Toska. Mamihlapinatapai. Caso saiba o que essas palavras significam em seus respectivos idiomas, você acha que seria capaz de traduzi-las para outro idioma?

Palavras chamadas de “intraduzíveis” sempre fascinaram, desafiaram e deixaram pessoas ao redor do mundo perplexas, tanto tradutores profissionais como leitores casuais. Mas realmente existem palavras intraduzíveis?

O que, na verdade, significa “Intraduzível”?

Para começo de conversa, o conceito de “intraduzibilidade” em si pode ser difícil de ser definido! A maioria das pessoas pensa em palavras e frases intraduzíveis como aquelas que não se traduzem de forma fácil ou efetiva em um idioma de destino. Isso às vezes acontece por causa de diferenças linguísticas entre os idiomas de origem e destino. Em outros casos, as dificuldades surgem devido a diferenças culturais, dificultando e muito a tradução de piadas, termos familiares, expressões idiomáticas, alimentos e muito mais (alguém não familiarizado com o beisebol americano entenderia o que é “ballpark figure (estimativa, valor aproximado)”?).

Palavras intraduzíveis normalmente podem ser traduzidas usando-se frases mais longas, mas elas não têm traduções “ao pé da letra” ou literais. Essa definição multicamadas ajuda a explicar porque há tanta variedade de perspectivas sobre o valor da denominação “intraduzível.”

 A beleza do “intraduzível”

Um aspecto positivo da fascinação dos leitores por palavras “intraduzíveis”: ela pode cultivar um profundo interesse em outras culturas e idiomas, especialmente idiomas ameaçados.

Em 2021, por exemplo, a poeta zapoteca Irma Pineda, que fala a língua diidxazá, publicou Intraducibles (Intraduzíveis), um livro que ilustra sessenta e oito palavras “intraduzíveis” dentre os trinta e três idiomas indígenas do México. Essas palavras não têm uma tradução exata em espanhol, e muitas delas vêm de idiomas que estão bastante ameaçados. Ao dar-lhes vida através da arte, Pineda ajuda a mostrar a incrível diversidade linguística do México sem apagar os significados culturalmente específicos das palavras.

O “intraduzível” também enfatiza a importância de compreender a cultura de um idioma de destino ao invés de assumir que todas as nuances culturais serão as mesmas por todo o globo. Como todo tradutor profissional já sabe, o contexto é muito importante.

Pontos de vista críticos sobre a “Intraduzibilidade”

Contudo, alguns estudiosos e tradutores já criticaram o conceito de “intraduzível” como algo que cria mais problemas do que soluções. Será que isso dá um valor grande demais a idiomas dominantes, como o inglês, ao se concentrar no fato das palavras poderem ou não ser traduzidas para eles? Será que a dificuldade da tradução textual significa que uma palavra não pode ser traduzida de outras formas, como através de imagens, sons, danças ou outras formas de expressão criativa?

Também não queremos dizer que bibliografias que podem ser facilmente traduzidas não possuam originalidade e qualidade, enquanto apenas o intraduzível contenha a verdadeira genialidade. Além disso, fixar no “intraduzível” pode levar os leitores a estereotipar ou exotizar idiomas e culturas desconhecidos—por exemplo, assumir de maneira equivocada que os indígenas Hopi não possuem conceito de tempo pois seu idioma não apresenta um equivalente à palavra “tempo” em inglês.

A partir desta perspectiva crítica, a “intraduzibilidade” pode também minar o talento dos tradutores profissionais que encontram formas únicas de traduzir até mesmo as frases mais difíceis com precisão e estilo.

Exemplos de palavras intraduzíveis

Quais são alguns exemplos de palavras intraduzíveis? Vamos dar uma olhada nas quatro palavras no início deste post.

  • Hygge (Dinamarquês): Uma sensação de aconchego e conforto, especialmente na companhia de amigos e pessoas amadas.
  • Saudade (Português): Uma falta intensa e melancólica de algo ou alguém que seja amado, mas esteja ausente ou perdido.
  • Toska (Russo): Vladimir Nabokov traduziu essa palavra como “uma sensação de grande angústia espiritual, normalmente sem uma causa específica,” “uma dor profunda na alma,” ou “uma saudade de nada.”
  • Mamihlapinatapai (Yaganês): “Um olhar mudo, compartilhado entre duas pessoas, cada uma delas esperando que a outra comece algo que ambas desejam mas nenhuma está disposta a começar.”

Você acreditando ou não que palavras intraduzíveis existam, contemplar essas palavras nos torna mais gratos pela habilidade dos tradutores em capturar seus tons de nuance.

Ao trabalhar com qualquer idioma, os tradutores profissionais que são fluentes tanto em linguística quanto em cultura são essenciais. Na Trusted Translations, temos o compromisso de fazer com que suas traduções alcancem a maior precisão e o maior impacto nos públicos.

Imagem de Gordon Johnson da Pixabay