Interpretação Remota por Vídeo (VRI)

Home » Serviços » Interpretação Remota por Vídeo (VRI)

Interpretação Remota por Vídeo (VRI)

A Interpretação Remota por Vídeo tornou-se uma modalidade popular graças a avanços tecnológicos, os quais permitiram aos intérpretes fornecer serviços em tempo real de maneira remota, seja em um call center ou diretamente de casa.Essa adaptação, no entanto, exige que eles usem equipamentos especiais, ou seja, fones de ouvido e câmera de vídeo, e realizem o trabalho em um espaço relativamente isolado e tranquilo, sem a necessidade de ser um estúdio de última geração.As exigências de VRI do passado estavam associadas ao fornecimento de assistência para interpretação de linguagem de sinais (como ASL , mais popular nos EUA), permitindo que os deficientes auditivos se comunicassem com outras pessoas no mesmo local ou remotamente por videoconferência.

Avançando para os dias de hoje

No entanto, o fornecimento de serviços de interpretação remota de vídeo registrou um crescimento exponencial com o início da pandemia da Covid-19, quando o mundo inteiro entrou em confinamento e, de repente, houve uma necessidade urgente de se comunicar e trabalhar de forma remota.

O papel anterior das pontes de conferência foi rapidamente substituído pelo uso de plataformas melhores, oferecendo mais recursos para tentar preservar a produtividade em equipes que enfrentavam dificuldades para se adaptar ao “novo normal”.

Foi quando o conceito limitado da fase inicial foi rapidamente substituído por um mais amplo, que passou a incluir intérpretes trabalhando remotamente, em qualquer combinação de idiomas, e nem sempre com a necessidade de ser visto na câmera de vídeo (como geralmente é o caso dos webinars).

Remota simultânea ou Remota consecutiva?

Além do já prevalente uso da VRI para fornecimento de serviços de interpretação da linguagem de sinais (como ASL VRI), foram disponibilizadas as versões remotas das duas principais opções de fornecer o serviço para outras combinações de idiomas.

Seja para ser usada em um “novo normal” ou em nosso “próximo normal”, a RSI se transformou em um capítulo totalmente novo. A Interpretação Remota Simultânea virou moda não apenas para instituições de ensino (na versão remota de webinars e cursos completos), mas também para empresas em todos os segmentos que precisam garantir uma integração perfeita e treinamento contínuo para funcionários em todo o mundo e em todos os níveis.

O outro lado da moeda, a Interpretação Remota Consecutiva, também veio para ficar, tendo-se mostrado útil para atender a diversas demandas, como audiências e depoimentos, entrevistas, grupos de discussão, etc.

O vídeo é obrigatório?

Fomentada pela pandemia, há muita literatura sendo escrita sobre os diferentes aspectos psicossociológicos de se comunicar remotamente. Digamos apenas que a VRI é geralmente o tipo de serviço mais adequado.

Deixando de lado sua relevância para os serviços de linguagem de sinais, está comprovado que a comunicação por vídeo facilita o processo. Os intérpretes presenciais sempre destacaram a importância de poder olhar para a pessoa a quem estavam prestando o serviço, e o mesmo funciona para a interpretação remota. A linguagem corporal, bem como o tom e toda a vibração percebida ao longo de uma atribuição, desempenham um papel importante na obtenção de uma qualidade superior e na criação da empatia necessária entre os participantes.

Tecnologia e Equipamentos

São diversas as plataformas que podem ser usadas para fornecer VRI. Existem ferramentas exclusivas, baseadas em redes seguras e criptografadas, que conectam os usuários a um intérprete qualificado.

Também existem soluções disponíveis no mercado que estão desenvolvendo novos recursos a cada minuto, com a alta concorrência no mercado fomentando a inovação. Plataformas como Zoom, Teams, Google Meet, Cisco WebEx, GoToMeeting, etc. oferecem diferentes alternativas com diferentes preços.

Os intérpretes precisam basicamente se preocupar em ter uma boa conexão de internet banda larga, um ambiente silencioso e um fone de ouvido decente e confortável para realizar o trabalho. Equipamentos mais sofisticados incluem dispositivos de comunicação com o restante da equipe de interpretação caso precisem coordenar de perto o fornecimento do serviço.

O “C” de “convenience” (conveniência)”substituiu o “P” de “Place” (lugar) no mix de marketing tradicional. E a conveniência pode ser fornecida por um computador, tablet ou até mesmo um smartphone em caso de emergência.

Você sabia?
Você sabia?
Você sabia?
Você sabia?
Você sabia?

Mais acessível e com menos riscos

De qualquer forma, as necessidades técnicas estão longe da infraestrutura antiga, porém mais sofisticada, que costumava ser necessária para realizar esse tipo de serviço. Isso certamente tem um impacto na redução de custos, o que a torna cada vez mais acessível.

Isso ocorre não apenas em termos de equipamentos, mas também na redução de todas as despesas extras, como viagens, estacionamento, refeições, deslocamento, etc., tornando o trabalho dos intérpretes muito mais eficiente.

A Covid-19 nos fez entender a importância do distanciamento social. Sem que percebêssemos, a VRI permitiu um distanciamento social muito antes do conceito se tornar uma tendência. As vantagens de se trabalhar com um intérprete presencial são mantidas enquanto a produtividade geralmente aumenta e os cuidados com a saúde são preservados.

Disponibilidade sob demanda

Embora o método convencional de se contratar intérpretes ainda seja usado com mais regularidade, a possibilidade da VRI sob demanda oferece um nível adicional de flexibilidade e benefícios. Isso significa que os clientes podem ter suas demandas urgentes por um intérprete atendidas em poucos minutos, sem precisar esperar que os Gestores de Calendário busquem alguém, enfrentem o inevitável tempo de deslocamento diário e a frustração potencial causada por um não comparecimento.

A flexibilidade, no entanto, não pode ser confundida com a possibilidade dos intérpretes emendarem um projeto no outro. Os intérpretes podem precisar fazer pausas, se preparar para o próximo compromisso, participar de “sessões de ginástica”, trabalhar horas extras devido a sessões prolongadas de perguntas e respostas, etc. É por isso que o serviço é tradicionalmente cotado por um mínimo de duas horas, ou por meio período ou período integral.

Conformidade com os setores mais exigentes

A princípio, podemos pensar que os setores jurídico e da saúde são áreas em que a implementação da VRI pode encontrar dificuldades. No entanto, muito pelo contrário – a modalidade é perfeitamente capaz de alcançar a conformidade com as políticas de segurança e privacidade dessas áreas. Por exemplo, intérpretes usados em um contexto de saúde obedecerão aos padrões HIPAA da mesma forma como se estivessem realizando o trabalho presencialmente. Os intérpretes jurídicos podem certamente ser certificados pelo tribunal, assim como em projetos presenciais. Podemos garantir a compatibilidade da VRI com todos os setores!